Archives for setembro 2011

Bicicleta Motorizada Chopper

Já vi diversos tipos de instalação dos kits de motorização de 50 e 80cc de 2 tempos… Bicicletas de aro 20 e 26 em uma grande variedade de quadros. Quadros de aço, carbono, alumínio… Com e sem suspensão… Com e sem marchas…

Fiquei surpreso ao me deparar com uma instalação muito caprichada em uma bicicleta no mínimo incomum para motorização. Uma Schwinn modelo Sting-Ray. Quando de seu lançamento entre 1963 e 1975 causou uma revolução no universo das Bikes, era época do filme Easy Rider onde dois companheiros cruzavam a América a bordo de suas Harley Davidson customizadas. E a garotada impossibilitada de pilotar as pesadas Harley implorava a seus pais por uma Schwinn

O modelo com garfo alongado, selim grande, roda dianteira com 64 raios cromados e o grosso pneu traseiro logo caiu no gosto de adultos e crianças. O visual imediatamente remetia às Harley choppers tão comuns na América. [Read more…]

Duas 4 tempos no Caminho de Darwin

Cada vez que olho a Serra da Tiririca da varanda de casa fico intrigado. Imagino como teria sido a passagem de Charles Darwin por estas terras nos idos de 1832 percorrendo estas trilhas em uma expedição.

Darwim viajou pelo norte fluminense subindo a serra da Tiririca, em Niterói. Passou ainda por Maricá, Saquarema, Araruama, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Barra de São João, Macaé, Conceição de Macabu, Rio Bonito, Itaboraí. Em alguns desses lugares, pode-se ver as mesmas construções e paisagens que o naturalista descreveu em seu diário de viagens, como a Fazenda Itaocaia, em Maricá, onde pernoitou; ou a Estrada do Vai e Vem, onde passou quando viajava pela região de Niterói e ruínas da Fazenda Campos Novos, em Cabo Frio, onde elogiou a comida.

Bem, no Domingo 11/09/11 eu e meu amigo Marcio resolvemos percorrer o trecho de Niterói a Maricá do Caminho de Darwin com nossas Bicimotos de 50cc e 4 tempos. Tanques cheios… E pneus calibrados e partimos cedo ainda sob a leve bruma da manhã.

A primeira parte do trecho é plana misturando trechos de asfalto com ruas de terra batida. As duas 4 tempos vencem esta etapa sem qualquer problema mantendo médias entre 35 e 40Km/h após 5 Km chegamos ao início do Caminho de Darwin já dentro do Parque Estadual da Serra da Tiririca.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[Read more…]