Fat Bikes

 In Histórias de bicicletas

Já falamos aqui no Blog sobre bicicletas motorizadas, low riders, choppers e elétricas…

Hoje falaremos sobre as Fat Bikes… A tradução literal seria “bicicletas gordas” mas definitivamente este não é o caso. Alguns proprietários de bicicletas “convencionais” resolveram buscar mais conforto instalando pneus entre 2.5 e 3 polegadas e com isso as bicicletas acabaram recebendo o apelido de Fat Bikes pelas dimensões avantajadas de seus pneus em relação às bicicletas convencionais.

Além do alegado conforto que estes pneus proporcionariam duas outras situações bem específicas explicam e justificam esta modificação. A possibilidade de andar na neve e também na areia.

Além das questões estéticas e práticas é inegável que o rodar fica mais suave, a estabilidade e o poder de frenagem (maior área de contato do pneu com o solo) aumentam consideravelmente e o visual aproxima ainda mais estas bicicletas das motocicletas.

Vejam esta RatRod equipada com pneus nas medidas 24″ x 3.0″

 

 

 

 

 

 

 

Aqui no Brasil o conceito de Fat Bikes ainda é relativamente novo. Normalmente pneus desta largura são utilizados apenas nas rodas traseiras das bicicletas chopper, mas já começo a ver nas grandes cidades uma ou outra Fat Bike circulando.

A instalação deste tipo de pneu não é diferente dos pneus padrão, mas há que se levar em conta alguns detalhes importantes como: Abertura do garfo e da balança traseira, oferta limitada de paralamas nestas medidas e muitas vezes a impossibilidade de utilizar freios V-brake.

Soluções existem como instalar freio do tipo contra-pedal (torpedo) ou freios a disco.

Se por um lado as Fat Bikes tem visual mais agressivo e são mais confortáveis por outro são bem mais pesadas do que as bicicletas com pneus nas medidas convencionais ente 1.5 e 2.125″ em aros 24 e 26.

Vejam um pneu de 24″ x 3.0 instalado em um quadro Beach Cruiser padrão… Aqui podemos ver como o pneu fica próximo ao garfo…

 

 

 

 

 

 

 

E como fica próximo da balança traseira…

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas certamente o visual compensa…

 

 

 

 

 

 

 

 

Fizemos um teste pesando um Beach Cruiser equipada com um par de pneus 26″ x 2.125 e outra com o mesmo quadro e equipada com pneus nas medidas 24″ x 3.0″ e a diferença ultrapassou os 3 Kg a mais na equipada com os 3.0. Pode parecer pouco em termos de valores absolutos mas se considerarmos que a bicicleta é um veículo de propulsão humana devemos sim levar em conta este peso extra.

E como seria montar uma Fat Bike motorizada?

Com um quadro padrão como o mostrado nas imagens anteriores isso não seria possível em função da falta de espaço entre o pneu traseiro e a balança para a instalação do kit de transmissão.

A solução seria utilizar um quadro especificamente fabricado para estas medidas de pneu. Estes quadros tem maior abertura no garfo e na balança traseira (em torno de 3.5″) de forma que sobra espaço para a instalação de um kit de motorização seja ele de 2 ou de 4 tempos.

Além do visual incrível uma bicicleta motorizada calçada com estes pneus ficaria muito mais próxima de uma motocicleta não apenas em termos visuais mas dinâmicos também. Maior estabilidade, conforto, poder de frenagem e durabilidade dos pneus.

No exterior existem bicicletas prontas com este tipo de pneu…

 

 

 

 

 

 

 

Bicicletas motorizadas…

 

 

 

 

 

 

 

 

E até Mountain Bikes com pneus nas medidas 26″ x 5″…

 

 

 

 

 

 

 

Se você quer mais conforto, estabilidade e segurança em sua bicicleta seja ela motorizada ou não considere a hipótese de instalar um par destes. Lembre-se de verificar antes de comprar os pneus a abertura do garfo e da balança traseira… Se forem entre 3.2 e 3.5″ você poderá montar a sua própria Fat Bike.

Recommended Posts
Comments
  • GUILHERME HENRIQUE
    Responder

    Eu comprei uma fatbike recentemente exatamente para adaptar o motor 2 tempos nelas! Uma dica para quem quiser é instalar o motor cerca de 4cm para a esquerda do quadro para alinhar o motor com a coroa!

Deixe um Comentário